PIC
 
  • Top
  • About me
  •     My public key
        My Orkut
  • Photography
  •     On facebook
        On Photo.Net
        Tutorials     In PDF
        Defense slides
  • Linear Solver (Gauss-Jordan)
  • Matrix Inverter
  • LatexRender-ng
  • Links


  • Em Português
  • Moodle do Professor
  • Meu Twitter
  • Cubo Mágico
  •     Ágebra Linear 1
        Cálculo Numérico
        Tutorial Java
        Tutorial Html
        Curso de Grego on-line
  • Escalonador (Sistemas)
  • Inversor Matricial
  • Videos
  •     No facebook
        Photo.Net
  • Linux
  •     Projetos com PIC     Aaron Lauve
        Alfredo Rios
        Augusto Ponce
        Carlo Mazza
        Chris Long
        David Nacin
        David Radnell
        Eric Sundberg
        Fernando Louro
        Liangyi "Lee" Zhao
        Kia Dalili
        Klay Kruczek
        Richard Mikula
        Sadao Massago
        Xiaoqing Li     Em PDF
        Em PostScript
  • Estatísticas
  •     Temperature Charts

     

    Projetos com Microcontrolador PIC

    Índice

    • O que é o PIC?
      Uma breve explicação do que vem a ser esse interessante e muito versátil componente eletrônico.
    • Driver MOSFET para motor brushless
      Um inversor de tensão trifásico de baixa voltagem com proteção por circuito discreto e chaveamento com transistores MOSFET. Acompanha uma breve explicação sobre o funcionamento e comando de motores trifásicos de imã permanente.

    • Termômetro digital com PIC16F818 e LM35M
      Este é um termômetro digital clássico, com display de LEDs.
    • Termômetro com PIC12F675 e LM35 e comunicação serial RS-232
      Este termômetro registra a temperatura ambiente em graus Celsius e envia a leitura pela porta serial. Não requer alimentação externa, pois, devido ao seu baixíssimo consumo, é alimentado pela própria porta serial.
    • Relogio digital charliplexado com PIC16F818 e HT1381 (em breve)
      Este relógio digital utiliza a técnica Charlieplex para acionar os LED's de seu mostrador. Utilizando-se do fato de LED's serem componentes polarizados e com voltagens de acionamento bastante específicas, esta técnica de multiplexação permite controlar todas os 27 LED's com apenas 6 saídas do microprocessador.
    • Relógio de ponteiros luminosos com disco rígido e PIC12F675
      Neste relógio feito com um disco rígido de sucata, os ponteiros não são de plástico, metal ou outro material qualquer, mas na verdade são feitos de luzes de cores diferentes.
    • Codificador de controle remoto com PIC12F675
      Um transmissor completo e extensível de rádio freqüência operando em 433MHz para controle remoto.
    • Buck (step-down) DC-DC Converter Design
      Um utilitário para calcular o valor dos componentes de um conversor de tensão chaveado do tipo Buck (baixador de tensão contínua).
      Obs: Seu navegador precisa suportar gráficos vetoriais SVG (nativo no Firefox 1.5+ e Opera, mas o Explorer requer plugin).

    O que é o PIC?

    O PIC é um componente eletrônico pertencente à classe dos microcontroladores programáveis de arquitetura Harvard e conjunto reduzido de instruções (RISC). Em síntese, é um microcomputador completo, consistindo de uma memória RAM, memória não-volátil EEPROM, memória de programa, controladores de E/S digital e analógica (opcional) em torno de uma CPU com um conjunto reduzido de instruções, dentro de um único chip.

    O PIC pode ser programado para executar diversas tarefas, como controlar um dispositivo eletro-mecânico, realizar medições, exibir informações em um display, ou simplesmente piscar luzes. A simplicidade, disponibilidade e o baixo custo são os principais atrativos do PIC.

    A programação pode ser feita em um PC com ferramentas disponíveis gratuitamente em Assembler ou C, mas requer o uso de um dispositivo programador para transferir o código do programa para dentro do PIC. Normalmente isto pode ser feito de duas maneiras:

    • Inserindo-se o PIC no soquete apropriado do programador. Posteriormente, o PIC é transferido para o circuito definitivo, onde pode ser soldado diretamente à placa de circuito impresso ou inserido em um soquete.
    • Conectando-se um programador serial em um soquete previamente soldado à placa de circuito impresso onde o PIC já reside. Isto é conhecido como In-Circuit Serial Programming ou ICSP. Esta modalidade é bastante prática e causa menos estresse ao PIC, por evitar seu constante manseio durante repetidos testes.

    Há vários tipos diferentes de programadores cujo projeto pode ser encontrado na Internet ou adquirido pronto de determinados fornecedores. A maioria deles é de fácil construção e podem ser conectados ou à porta paralela ou à porta serial do PC. De fato, qualquer computador que disponha de uma dessas interfaces pode ser usado para programar o PIC.

    Nestas páginas você irá encontrar alguns dos projetos que eu realizei como hobby usando o PIC. Estou disponibilizando este material por acreditar que ele pode ser útil para o iniciante. No entanto, faço isso sem dar quaisquer garantias implícitas ou explícitas. Para todos os efeitos, quero advertir que os circuítos apresentados por mim podem causar um incêndio em sua residência, assustar o cachoro do seu vizinho, incomodar o sono do bebê, e fazer nascer mais cabelos brancos na sua cabeça, entre outras coisas igualmente desagradáveis.

    Não obstante, meu sincero desejo é o de que na condução destes projetos o visitante possa encontrar neles muitas horas de excitação, divertimento, aprendizado e prazer.

    Referências


    Updated on  Mon Jul 15 13:27:35 2013
    Copyright © 1997-2014, Waldeck Schutzer
     
    http://twitter.com/ityessal http://twitter.com/liminft