Graduação em Matemática

Prevendo e reconhecendo padrões

Palestrante: Miriam Manoel
Universidade de São Paulo 

Data: 22/10 
Horário: das 10:00 às 10:40
Link: www.youtube.com/watch?v=D01g2t5tl5o

Resumo: Um padrão em uma imagem é em geral associado a simetrias. Reconhecer essas simetrias é, na grande maioria das vezes, um acontecimento agradável aos olhos. Em consequência, a natureza, a arte e a matemática exploram as simetrias a seu favor, cada qual pelas suas razões, inclusive pelo apelo à beleza, como vemos numa flor ou num calendário asteca: (figs. 1 e 2)

Foto de um calendário asteca Foto de uma flor
Figura 1: Calendário asteca         Figura 2: Uma flor

Mas nem só de simetrias vive a beleza; de fato, muitas vezes a falta dela nos provoca emoções, a exemplo da obra arquitetônica da Casa da Música, na cidade do Porto, em Portugal: (fig. 3) Diante dessas imagens, e de muitas outras, vamos explorar nesta palestra qual é a matemática que está por trás tanto das simetrias como das quebras de simetrias, numa linguagem que pretendemos que seja acessível ao público geral.

Foto da casa da Música em Porto, Portugal
Figura 3: Casa da Música em Porto, Portugal. 
© 2018 Graduação em Matemática - UFSCar - Rod. Washington Luís, Km 235 - São Carlos, SP - Brasil - 13565-905