Universidade aberta

Aspectos essenciais para entendemos Sistemas Complexos e porque a Inteligência Coletiva nos oferece alternativas plausíveis. 

Palestrante: Paulo César Camargo 
Universidade Federal de São Carlos 

Data: 30/10 
Horário: das 19:00 às 19:45
Local: Auditório DM

Resumo: Olhar os fenômenos naturais a luz do conhecimento depende criticamente da construção de modelos mentais, onde a imaginação, o raciocínio lógico e o método científico são ferramentas indispensáveis.

Para o melhor entendimento de fenômenos de nosso interesse podemos elaborar modelos que possam ser descritos matematicamente. Uma vez que concebemos o Sistema de interesse, passamos a identificar as entidades mais relevantes, suas interações individuais ou entre agrupamentos (granularidades) e com o meio onde atuam sendo relevantes para nossos objetivos. A partir de uma detalhada busca na literatura existente identifica-se os possíveis agentes, suas interações, meio onde atuam e dados confiáveis relativos a nossos objetivos.

Uma vez identificado que nosso sistema é Complexo, ou seja, muito difícil ou impossível de ser descrito por um conjunto de equações matemáticas com solução viável, requer uma diversidade de conhecimentos especializados, sugerimos adotar a abordagem da Complexidade com Inteligência Coletiva que é objeto desta apresentação.

A facilidade de acessar informações e as possibilidades de formação de redes de compartilhamento e aprendizado, pode ser reveladora, mas nos coloca diante de uma massacrante diversidade de dificuldades especialmente na escolha do(s) caminho(s) a adotar.

Procurando achar caminhos nesta imensa selva de possibilidades temos procurado formar o Grupo de estudos de Sistemas Complexos e Inteligência Coletiva, seguindo principalmente as referências Edgar Morin [1] e Santa Fé Institute-SFI www.santafe.edu [2] em relação à Complexidade. Para Inteligência Coletiva temos Pierre Levi [3] e o Center for Collective Intelligence cci.mit.edu (T. Malone). A evolução destas idéias me convence que já estamos vivendo uma transformação, onde o mundo das idéias e o mundo da observação, estarão cada vez mais integrados reforçando a necessidade de sistematização com métodos que possibilitem a todo cidadão usufruir da tecnologia e do conhecimento disponível.

Sistematização requer raciocínio lógico e a evolução dos sistemas requer imaginação, onde a matemática, a filosofia, as ciências exatas, engenharias e ciências sociais se encontram para dar suporte à criatividade e a inovações essenciais para a dinâmica da evolução da humanidade.

Dinâmica de operadores lineares

Palestrante: Nilson da Costa Bernardes Junior
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Data: 30/10 
Horário: das 14:00 às 14:45
Local: Auditório DM

Resumo: Dinâmica Linear é uma área da matemática que está na interface entre as grandes áreas de Sistemas Dinâmicos e de Teoria dos Operadores, usando conceitos e ferramentas de ambas. O objetivo principal é estudar a dinâmica de operadores lineares contínuos sobre espaços de Fréchet e, em particular, sobre espaços de Hilbert e de Banach. Trata-se de uma área relativamente jovem da matemática, que começou a ser sistematicamente investigada apenas a partir da década de 1980. O plano da nossa palestra é começar tecendo alguns comentários de caráter histórico sobre operadores lineares com comportamentos caóticos, onde mencionaremos os exemplos clássicos de Birkhoff, MacLane e Rolewicz, e o Teorema de Feldman sobre a existência de um sistema dinâmico linear caótico que é universal para os sistemas dinâmicos topológicos sobre espaços métricos compactos. Em seguida, falaremos de alguns resultados recentes na área, envolvendo os conceitos de sombreamento e de estabilidade estrutural.

Geometria Lipschitz no espaço de matrizes 

Palestrante: Maria Aparecida Soares Ruas
Universidade de São Paulo

Data: 30/09 
Horário: das 10:45 às 11:30
Local: Auditório DM

Resumo: A geometria Lipschitz de conjuntos singulares é uma área de pesquisa que se desenvolve intensamente nesta última década. O objetivo da palestra é discutir os fundamentos desta geometria no espaço das matrizes e mostrar como ela se relaciona com resultados recentes da teoria das singularidades.

Tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) no ensino e aprendizagem de Matemática

Palestrante: Monica Fürkotter 
Universidade do Oeste Paulista

Data: 03/10 
Horário: das 19:00 às 19:45
Local: Auditório DM

Resumo: Nessa palestra procuro abordar o que são as Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC), como utilizá-las no ensino e aprendizagem de Matemática, apresentar experiências de uso das TDIC a partir de intervenções e pesquisas e finalmente abordar a questão da formação de professores para o uso das TDIC. 

Pesquisa em sala de aula e o Ensino de Matemática

Palestrante: Marcelo Carvalho Borba
Universidade Estadual Paulista

Data: 04/10 
Horário: das 16:00 às 16:45
Local: Auditório DM

Resumo: Nessa palestra vou lidar com uma pergunta provocativa: Se há tanta pesquisa em educação matemática, por que o ensino/aprendizagem de matemática é tão ruim? A palestra se apoiará no livro Pesquisa em Ensino e Sala de Aula e buscará mostrar a complexidade do problema envolvido e criticará a simplicidade da pergunta que origina a palestra, assim como as falsas correlações embutidas na pergunta.

Subcategorias

As Atividades Curriculares de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão (ACIEPEs) são atividades curriculares complementares inseridas nos currículos de graduação, com duração semestral de 60 horas, valendo 4 créditos acadêmicos.

Os estudantes dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Matemática podem se matricular em qualquer uma constante no catálogo semestral de ACIEPEs, disponível no site da Pró-Reitoria de Extensão - ProEx.

 
Será um seminário de alcance interinstitucional dirigido especialmente por e para nossas e nossos estudantes de final de graduação ou início da pós-graduação,  com interesse em temas de topologia algébrica ou assuntos correlatos (sem definição precisa), permitindo a troca de informações e a criação de uma comunidade.
 
Acontecerá quinzenalmente, ao cair da tarde das segundas-feiras,  às 18 horas, a partir da próxima segunda-feira, 30 de agosto de 2021. 
 
Caso queira fazer parte da lista de divulgação, por favor escreva para: daniel.vendruscolo@ufscar.br
© 2018 Graduação em Matemática - UFSCar - Rod. Washington Luís, Km 235 - São Carlos, SP - Brasil - 13565-905